segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

UM BRASIL DIFERENTE (poema)

UM BRASIL DIFERENTE
Alevilson da Silva Tavares¹
Foi tudo de repente
Mexeu logo com agente
Deixando descontente
Ficando consciente
Que existe alguém mais valente
Aparecendo sem afluente
Mas bem inteligente
Arma para cima do inocente
Que fica com a mente
Como de uma serpente
Numa água corrente
Não sabendo o que sente
Mesmo sendo influente
E a água transparente
Por estar, quase, inconsciente
Não faz diferente
Nem ao menos mente
Pois estar dormente
E o nível é crescente
Mostra que é experiente
Alguém lhe diz invente
Ao menos tente
O que importa se és carente
De algo contundente
Que mostre ser potente
E que a maioria comente
E na arquibancada sente
Como qualquer recipiente
Estando vazio simplesmente
Apresente uma nova lente
Para observar o descontente
Aquilo que deveria ser comovente
Mas que decepcionou-nos por ser prepotente
Esse não é o Brasil da gente
O meu Brasil é um Brasil Diferente






            ____________________________________________  

¹ Diácono (Assembleia de Deus), Pedagogo, Biólogo, Bacharel em Teologia, Especialista em Educação Ambiental e professor na rede pública e particular de ensino nas modalidades:   fundamental e médio.